Vontade de comer não é fome. Fome é quando o corpo precisa do alimento para manter suas funções vitais. Gula é aquela vontade incontrolável de devorar um bombom ou comer um croissant – mesmo estando de barriga cheia. Esses deslizes, quando frequentes, têm o poder de atrasar o emagrecimento nas dietas até então bem sucedidas. Conheça alguns truques apresentados no livro Magra para sempre e com saúde, de Jillians Michael (Companhia Editora Nacional), e aprenda a se livrar dessa compulsão momentânea.

1. Pense no quanto de exercícios você terá de fazer depois de um deslize

Quantas horas de exercícios são necessárias para queimar aquele hambúrguer que você está com tanta vontade de comer? Quanto tempo de corrida vai ser preciso para eliminar aquelas duas fatias do suculento bolo recheado? Pensar no quanto de esforço a ser feito depois de um deslize, ajuda a não cometê-lo.

2. Tome um chá

Chás cafeinados podem ajudar a controlar a fome e a diminuir os desejos. A cafeína é naturalmente uma substância que tira um pouco do apetite. O chá-verde, erva-mate e chá-preto ajudam nessa condição. E chás de ervas (os que não contém cafeína) também ajudam a controlar essa compulsão.
3. Use canela nos alimentos

Leia também:  Pular o café da manhã entope os vasos e afeta o coração

A canela é associada com o açúcar, dando a falsa ilusão de que se está comendo um alimento muito calórico e doce quando, na realidade, ela não acrescenta calorias ao prato. É possível usar em maçãs, pêssegos, bananas ou até mesmo no chá.

4. Experimente novos sabores

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é que você quer comer. É doce? Salgado? Amargo? Identificando a sua preferência, você pode agir para “neutralizar” esse desejo com algum alimento pouco calórico. Se a vontade é doce, coma uma fatia de melancia. Se você está desejando algo salgado, que tal uma pipoca sem óleo e manteiga? É um petisco integral.

5. Só dê três mordidas

Leia também:  Durante tratamento mães com doenças infecciosas podem manter amamentação

Uma dica que Jillians Michael passa é de dar apenas três mordidas no fruto da gula. Ela confessa que a vontade de comer tudo vai aparecer, mas a pessoa deve se afastar do alimento por uns 15 minutos e se distrair com algum hobby ou atividade. Depois desse tempo, segundo ela, as chances do desejo ter desaparecido são grandes. Vale a pena tentar.

6. Mantenha-se ocupada

Quando vier a vontade de beliscar algo calórico e você identificar que não é fome, mas sim gula, ocupe-se. Se não estiver no trabalho, vá fazer algo que distraia e saio de perto da geladeira.

7. Peça ajuda à aromaterapia

A aromaterapia pode ajudar a controlar a vontade de comer. É só pingar até 3 gotas de óleo essencial e sentir o odor. Os óleos essenciais que têm poder de controlar a gula são os de canela, gengibre, coentro e toranja.
8. “Fareje” a comida

Jillians explica que em uma pesquisa realizada em Chicago, nos EUA, os pesquisadores fizeram 3 mil voluntários cheirarem bananas e descobriram que, quanto mais a pessoa cheirava um alimento, menos fome ela tinha, levando a uma perda de peso. A teoria é que o cheiro da comida engana o cérebro, que pensa que a pessoa está se alimentando – quando na verdade não está.

Leia também:  Osteoartrose na visão do especialista

9. Mantenha a boca limpa

Você já experimentou comer algum doce depois de escovar os dentes? O gosto é estranho, não é? Então escove os dentes quando aquela vontade incontrolável de devorar um chocolate aparecer.

10. Elimine o tempero pronto da dieta

Segundo Jillians, o glutamato monossódico (tempero pronto) e o sal são vilões do emagrecimento porque estimulam o desejo de comer. Substituir esses ingredientes por temperos como pimenta-vermelha, gengibre, cebola, alho, limão, ou qualquer outro tempero natural vai eliminar o risco de ter as papilas gustativas incentivadas a pedir mais comida, além da redução do sal ajudar a desinchar e a diminuir a pressão sanguínea.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.