O chefe do Gabinete de Apoio a Segurança Pública – Gasp, Anderson Rocha, e o secretário de Transporte e Trânsito – Setrat do Município, Argemiro Ferreira, anunciaram nesta semana a solução para o caso das câmeras de segurança de Rondonópolis, atualmente desligadas. A empresa que fará os reparos e será responsável técnica pelo funcionamento dos aparelhos é a mesma que venceu o processo licitatório dos radares e lombadas eletrônicas recentemente e que está prestes a contratualizar com a prefeitura. As câmeras de segurança, inclusive, foram incluídas no mesmo edital dos inibidores de alta velocidade.

Nesta quinta-feira (12), Anderson afirmou que a preocupação em solucionar a situação era no sentido de estabelecer um vínculo fixo com uma empresa para a manutenção contínua dos equipamentos e não somente a solução imediata. Somado a isto, segundo ele, o município aguardava a estruturação final da base da Polícia Militar – PM no Centro de Controle, Comunicação e Inteligência – C3i, onde ocorrerá o monitoramento das imagens. “No fim de novembro, a PM já começou, ainda em fase de testes, a operacionalização do C3i ou Ciosp como ficou conhecido. A partir disto, o secretário Argemiro vai poder dar a ordem de serviço para a religação das câmeras junto às lombadas, o que deve acontecer nos próximos dias”, comentou Anderson.

Leia também:  Mais de 90% dos imóveis pagam taxa mínima do lixo

Serão reativadas de 23 das 26 câmeras instaladas no centro da cidade, já que três delas não será mais possível a recuperação.

O C3i, que foi recentemente ativado pela PM, ainda será encorpado pelos atendentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu e da própria Polícia Civil – PC, que funcionará conjuntamente, segundo explica o gestor da segurança pública do município. “Ele está funcionando apenas com a PM, mas provisoriamente. Em breve, no mesmo local serão atendidas as ligações de emergência para o socorro médico e das polícias, o que vai agilizar e dar uma resposta mais efetiva para a sociedade” analisa Anderson.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.