Com a vaga nas semifinais do Mundial de handebol garantida, as meninas da seleção feminina já começam a vislumbrar, por que não, a conquista de um título inédito e histórico. E o elenco brasileiro ganhou uma motivação a mais para buscar o ouro, se é que isso era necessário, tamanha vontade demonstrada até agora. A Confederação Brasileira de Handebol (CBhb) definiu a premiação que cada atleta terá direito em caso de título na Sérvia. Se forem campeãs, cada uma das jogadoras receberá R$ 18 mil. O segundo lugar valerá R$ 12 mil. E o terceiro lugar, também inédito, daria um prêmio de R$ 7 mil para cada atleta. Até o quarto lugar, já garantido, já vale um prêmio de R$ 3 mil. A seleção pega a Dinamarca, nesta sexta-feira, às 17h45 (de Brasília), e o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real.

Leia também:  Paranatinga | Atleta de Jiu Jitsu conquista duas medalhas de ouro em campeonato internacional

Apesar do reconhecimento financeiro, as meninas garantem que o valor é que menos passa na cabeça. Conseguir um título inédito, para elas, seria o maior presente de Natal e feito da história da modalidade no país, como diz Alexandra Nascimento.

– Nossos fãs nunca desistiram do nosso trabalho. A Confederação, os nossos patrocinadores, que entenderam o que a gente necessitava. E isso está dando resultado. Agora é manter o foco. Entramos na história, mas só entrar na história não basta. Não tem jeito, é muito curto. Não dá tempo de se regenerar, chorar, sentir dor. Temos outro desafio pela frente e o que importa é a nossa briga por uma medalha – garante Alexandra Nascimento.

Leia também:  Jogador revelado pelo REC marca contra o Flamengo

Premiação por atleta

1º lugar – R$ 18 mil
2º lugar – R$ 12 mil
3º lugar – R$ 7 mil
4º lugar – R$ 3 mil

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.