Os financiamentos imobiliários com recursos da poupança atingiram o volume recorde de R$ 98,8 bilhões no acumulado do ano até novembro, segundo informou a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança).

O número representa alta de 34% em relação a igual período de 2012.

O crédito voltado à compra de imóveis correspondeu a 71% do valor total financiado. Os 29% restantes referem-se à construção de moradias.

Considerando apenas o mês de novembro, o volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis somou R$ 10,1 bilhões, 7,5% acima de outubro e 31% mais que o registrado no mesmo mês do ano passado.

Em novembro, foram financiadas aquisições e construções de 47,7 mil imóveis, com alta de 9% em relação a outubro. Na comparação com novembro de 2012, registrou-se crescimento de 23%.

Leia também:  Saques do FGTS inativo encerram na segunda-feira

De janeiro a novembro, foram financiados 478,9 mil imóveis, 17% acima das 410,6 mil unidades contratadas no mesmo período do ano passado.

POUPANÇA

Em novembro, os depósitos nas cadernetas de poupança superaram os saques em R$ 5,4 bilhões, o melhor resultado para esse mês desde 1994.

No acumulado do ano, a captação líquida das contas de poupança foi positiva em R$ 46 bilhões, 52% a mais do que no mesmo período do ano passado (R$ 30,4 bilhões).

O saldo dos depósitos de poupança no SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo) superou R$ 456 bilhões em novembro, elevação de 20% em relação ao saldo de novembro de 2012.

Leia também:  Confira dicas para cuidar da pele e reduzir irritações durante o barbear | Moda e Beleza
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.