Publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (27) os 92 decretos de desapropriação de 193,5 mil hectares de terra para reforma agrária onde o estado de Mato Grosso.

As áreas desapropriadas poderão receber 4.670 famílias, segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agraria (Incra) deve gastar cerca de R$ 267,1 milhões em indenizações em 2014.

Além de Mato Grosso também serão desapropriadas terras nos estados do Ceará, da Bahia, de Goiás, do Espírito Santo, Distrito Federal, de Sergipe, São Paulo, do Piauí, de Pernambuco, da Paraíba, de Santa Catarina, do Maranhão, Minas Gerais, do Rio Grande do Norte e Tocantins. As famílias a serem assentadas deverão estar no Cadastro Único (CadÚnico).

Leia também:  Detentos assistem peça teatral pela 1ª vez em Cuiabá

Segundo levantamento feito pela Diretoria de Obtenção de Terras do Incra, que resultou nos decretos, há utilização, em média, de apenas 22,2% das áreas utilizáveis dos imóveis. Em 50 deles não havia qualquer atividade produtiva desenvolvida pelos proprietários.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.