Sabrina Sato se despediu do Pânico na Band na madrugada desta segunda-feira, 16, com um texto publicado em sua página no Facebook.

A apresentadora, sem dizer em qual emissora estará a partir de 2014 — a Record deverá ser seu destino –, disse que está passando por um momento de dor, relembrou o início de sua trajetória, no Big Brother Brasil, e disse ter “inquietações artísticas” e “desejos que começam a despertar” ao se despedir de seus amigos do programa Pânico.

Sabrina passou os últimos dez anos à frente do programa de humor na rádio Jovem Pan, RedeTV! e, posteriormente, na Band. A partir de 2014, deverá apresentar o Domingo da Gente na Record.

Leia também:  Resumo de novelas desta quinta-feira (27)

Isso não é uma nota redigida por uma assessoria de imprensa. Isso não é um comunicado feito por advogados. Isso sou eu, Sabrina, em primeira pessoa, falando através do meu coração, como sempre fiz na minha vida.

Meu sonho sempre foi fazer televisão e há 11 anos entrei no Big Brother Brasil, uma experiência rica que me abriria algumas portas.

Algumas possibilidades apareceram na emissora em que eu estava. Muito nova e em meio a uma avalanche de emoções, era difícil saber que rumo tomar, mas, por mais clichê que isso possa soar, posso afirmar que meu coração já sabia pra onde nós, eu e ele, deveríamos ir: um programa de rádio chamado Pânico, onde encontraria pessoas com quem passaria os próximos 10 anos da minha vida e que rapidamente se tornariam minha família.

Leia também:  Resumo de novelas desta quarta-feira (12)

Nesses 10 anos, passamos momentos maravilhosos e momentos de sofrimento. Porém, em todos os momento, estávamos juntos, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, nos aplausos e nas vaias, por que foi assim que sempre vivemos, nos apoiando um no outro, deixando de lado ego e outras bobagens. O combinado sempre foi esse, juntos sempre, como uma família.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.