Pelo menos dez guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) foram mortos em um confronto com militares do Exército, informou o ministro da Defesa, Juan Carlos Pinzon, aos jornalistas na noite dessa quinta-feira (26). Um dos mortos foi Pedron Lain Parra, um comandante regional da confiança de Jorge Briceno, o chefe militar do grupo guerrilheiro morto em 2010.

O confronto ocorreu domingo (22), em uma zona montanhosa da província de Meta.

A Colômbia vive há cinco décadas um conflito entre as autoridades políticas e as forças revolucionárias, que já provocaram milhares de mortes, além de 4,5 milhões de deslocados.

As Farc, o maior grupo rebelde do país, têm entre 7 mil e 8 mil guerrilheiros.

Leia também:  Criança autista é agredida a caminho da escola e tem madeira pregada na cabeça
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.