As cartas estão na mesa. Os valores e tempo de contrato também. Agora, restam ajustes entre Flamengo e representantes de Emerson para que o atacante do Corinthians acerte seu retorno para a Gávea. A negociação está em curso e, no momento, o que trava o acerto é a questão salarial.

Para tentar diminuir valores, o clube ofereceu um contrato de dois anos, o que é desejo do jogador de 35 anos. A negociação está sendo conduzida pelo vice-presidente de futebol Wallim Vasconcellos e pelo vice de relações exteriores, Plínio Serpa Pinto.

Confira o Vai e Vem do Mercado

O atacante já revelou para pessoas próximas que seu retorno à Gávea está encaminhado. Durante a atual temporada, o Flamengo chegou a tentar a contratação de Emerson, mas o clube ofereceu um ano de contrato, e o atacante pedia dois. Sheik acabou acertando contrato de um ano e meio com o Corinthians.

Leia também:  Com a demissão de Ceni, São Paulo vai completar 16 técnicos em 8 anos

O Flamengo foi o primeiro clube em que Emerson teve destaque no Brasil, após longa passagem por Japão, Qatar e Emirados Árabes.

Contratado como praticamente um desconhecido por Kleber Leite, em 2009, ele foi campeão carioca e participou de metade da campanha do título brasileiro, até sair para o Al-Ain dos Emirados Árabes. Na Gávea, ele participou de 26 jogos, 23 como titular, marcando 11 gols.

O retorno de Emerson, porém, não foi um pedido de Jayme de Almeida, e partiu da alta cúpula do clube. A diretoria segue apostando na dupla Hernane e Paulinho, mas considera Sheik uma peça importante para a disputa da Libertadores na próxima temporada.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.