Durante o Fórum Técnico realizado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), em novembro, em São Paulo, o secretário de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Ricardo Leyser, já havia anunciado o projeto do Governo Federal, para a construção de 285 Centros de Iniciação ao Esporte (CIE). Na terça-feira (12), o projeto foi lançado oficialmente em Brasília pelo ministro Aldo Rebelo, na presença de autoridades do Governo, parlamentares e mais de 100 prefeitos de cidades contempladas.

No total serão 285 CIEs, em 263 municípios dos 26 Estados e do Distrito Federal. Destes 285 Centros, 168 seguirão as especificações do “Modelo III”. Isto é: terão estruturas para prática do atletismo. No total, serão investidos nas obras R$ 967 milhões, com recursos do Orçamento Geral da União. O projeto integra o PAC 2 (Programas de Aceleração do Crescimento).

Leia também:  Tangará da Serra sediará estadual de Xadrez em dezembro

O projeto foi apresentado por Ricardo Leyser. “A realização dos Jogos Olímpicos no Rio sensibilizou o Governo para a importância da base esportiva e a necessidade de oferecer estruturas em padrões oficiais para crianças e jovens iniciarem a prática de diversas modalidades”, disse Leyser. “Projetos para o alto rendimento espalharam investimentos para a base”, explicou o secretário.

Os CIEs contemplarão 13 modalidades olímpicas (atletismo, basquete, boxe, handebol, judô, lutas, tênis de mesa, taekwondo, vôlei, esgrima, ginástica rítmica, badminton e levantamento de peso), seis paraolímpicas (esgrima de cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, vôlei sentado e goalball), e uma não-olímpica (futsal).

Compareceram, ainda, à solenidade, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, o secretário do PAC no Ministério do Planejamento, Maurício Muniz, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, José Elito Carvalho Siqueira, o presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro, Andrew Parsons, o diretor utivo de Esportes dos Jogos Rio 2016, Agberto Guimarães.

Leia também:  Jaciara receberá a última etapa do 'Circuito Ultramacho' de 2017
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.