A população mato-grossense, representada na figura do Governo de Mato Grosso, deu a volta por cima e mostrou que é capaz de superar adversidades como a vergonha de ter sido a capital com o pior desempenho entre as sedes da Copa do Mundo avaliadas pelos indicadores de transparência pelo instituto Ethos.

Em 2012, Cuiabá ficou em último lugar, com apenas 10,38 pontos. Neste ano, subiu para 5º, atingindo 49,08 pontos no índice.

O instituto observa que a constante ‘vigilância’ de mecanismos como organizações não Governamentais, aliadas ao trabalho responsável desenvolvido por alguns governos, resulta em dados positivos.

Apenas a capital do Rio Grande do Norte (RN), Natal, apresentou queda em sua nota. As outras cidades tiveram grandes avanços nesta questão. No levantamento de 2012, as notas não chegavam a 50 pontos. Já em 2013, quatro sedes passaram da marca.

Leia também:  Tangará da Serra | Servidores entram de greve por reposição salarial de 6,28%

INDICADORES

Os Indicadores de Transparência, umas das ações do projeto Jogos Limpos Dentro e Fora dos Estádios, são uma ferramenta que permite medir de maneira objetiva a transparência e os canais de participação da população em relação aos investimentos públicos para a realização do Mundial de 2014.

 

 

Advertisements
COMPARTILHAR
Artigo anteriorApós denúncia Secretaria reage
Próximo artigoNovo colunista

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.