O Luverdense acatou a decisão da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) e não irá recorrer da decisão que concede ao Mixto a vaga na Copa do Brasil em 2014. O presidente Helmute Laswich, disse, ao Só Notícias, que não há mais o que fazer e que o jeito é aceitar a escolha.

“Respeito a decisão da Federação, e acabou!”, afirmou. A boa campanha do clube, este ano, rendeu o acesso à série “B” do Campeonato Brasileiro, e contribuiu para que a federação conseguisse mais uma vaga na Copa do Brasil (nos últimos anos foram duas).

Pelo regulamento, a terceira vaga deveria ser dada ao vice-campeão do mato-grossense, deste ano, que foi o Mixto. Porém, o clube de Lucas do Rio Verde defendia que que poderia ser escolhido, já que o Tigrão disputará a recém-criada Copa Verde. A justificativa também era que a vaga a mais foi conquistada com a ajuda do Luverdense. Apesar disso, a federação seguiu a norma e confirmou a participação do Tigre, que volta ao torneio após ser eliminado pelo Vitória-BA, na primeira fase da edição 2013. Também estarão na competição o Cuiabá, campeão mato-grossense, e o Rondonópolis, campeão da Copa Mato Grosso.

Leia também:  União faz resultado e fica com título no sub-19

Com a decisão, em 2014 o LEC disputará o mato-grossense, com estréia contra o Sorriso, fora de casa, no dia 19 de janeiro, e a série “B” do brasileiro. Além da possibilidade de participar da Copa Mato Grosso.

Neste ano, o “Verdão do Norte” chegou às oitavas de final da Copa do Brasil. O bom ano fez com que subisse oito posições no ranking de clubes da CBF e ocupasse a 44ª colocação, à frente de times como Santa Cruz-PE, Sampaio Corrêa-MA e Oeste-SP.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.