Foto: reprodução
Foto: reprodução

Dos mil e treze começou difícil para Mara Maravilha – a cantora perdeu a mãe, Marileide, se separou do segundo marido, o cirurgião dentista Alessander Vigna, e se viu envolvida em uma polêmica ao ser acusada de homofobia. Mas Mara transformou em música sua certeza de que as coisas iriam melhorar. E assim surgiu Vai Tudo Bem, faixa título de seu novo CD.

Agora, ela encerra o ano bem diferente do que começou, inclusive fisicamente. Aos 45 anos aderiu ao vegetarianismo, perdeu 15 quilos e aplicou botox. Fez também um projeto e tanto para 2014 – o lançamento de um DVD em comemoração aos seus 30 anos de carreira, com direito a um curta-metragem sobre sua vida. “Seria um curta enfatizando muito a história da minha mãe na minha vida, assim como teve 2 Filhos de Francisco. Ela foi minha maior incentivadora”, conta. “Penso em depois fazer um filme também”, continua.

Em depoimento a CARAS Online, Mara fala sobre amor, o desejo de formar uma nova família e revela que não abriu mão do sonho da maternidade. “Penso em adotar”.

O ano divisor de águas:

Superei dois relacionamentos que não deram certo, tudo isso fez eu me apegar mais a Deus. A gente cria força. O falecimento da minha mãe foi o que mais me fez sofrer. Isso foi um divisor de águas na minha vida. Eu choro, me quebrando muito, tem uma psicóloga cristã me acompanhando. Não superei tudo. A vida tem uns contratempos, mas acho que estou indo no caminho certo.

15 quilos a menos

Eu já estava com sobrepeso, se eu não me cuidasse eu ia para obesidade. Entrei em dois spas. Quando entrei no Cevisa (centro médico de vida saudável) vi que não precisava ficar desesperada para emagrecer, que precisava cuidar de corpo, mente e espírito, e veio a concepção dos vegetarianos. A filosofia do vegetarianismo combina muito com a minha fé. A Bíblia fala que quer comais quer bebais seja para glória de Deus. Antes eu via muito como cobrança de vaidade, de estética. E hoje, cuidar bem do meu corpo se tornou uma oferta para Deus. Confesso que antes essa cobrança era para ficar bem na foto, mas isso era um fardo.
Hoje eu bebo água, antes não bebia. Não tomo café, não como carne vermelha. Faço atividade física (hidroginástica e caminhada) e pretendo voltar a dançar. Se eu cuido bem do meu corpo isso vai refletir na minha mente, o meu lado espiritual vai ficar até mais evoluído. Eu estava com quase 80 quilos e agora oscilo entre 60 e 63. Mas não é priorizando a beleza, é um todo, saúde e beleza. Não adianta você estar bonita e com cabeça de titica de galinha. Quero passar imagem de pessoa que se cuida, equilibrada. Acabo me sentindo mais leve e iluminada.

Leia também:  Zezé Di Camargo planeja diminuir número de shows com Luciano e diz querer hologramas da dupla

Cinebiografia

Estou bem animada para 2014 lançar meu sétimo DVD. Estou com 30 anos de carreira, uma discografia muito grande, muitos CDs. Eu vejo assim: o artista tem que viver sempre uma superação, se surpreender. A arte sempre será maior que o artista. Quero fazer algo que realmente o público está pedindo. Tenho a minha história antes da conversão – gravei músicas do Guilherme Arantes, Roberto Carlos, Rita Lee, Cazuza, Roberta Miranda… O público está pedindo para fazer uma retrospectiva, mas também vou enfatizar o segmento gospel.
Quero fazer também um curta que conte a minha história, mas passe uma mensagem de vida para as pessoas. Escolhi um curta porque quero colocar dramaturgia. Seria enfatizando muito a história da minha mãe na minha vida, assim como teve os Dois Filhos de Francisco. Ela foi minha maior incentivadora.
Não pretendo atuar, o máximo que eu faria seria uma narração, a parte de música. Eu não me atreveria a ser atriz. Meu talento realmente é para música e para apresentar. Depois que eu me converti as pessoas falam muito da minha obra antes da conversão, que é uma obra muito rica. Penso que vire um filme usando o meu nome, mas com histórias que as pessoas não sabem. O que a gente passou, o que de fato a gente sofreu. O público gosta de saber isso, essas peculiaridades.

Leia também:  Bruno e Marrone falam sobre DVD com pitada de novo sertanejo: 'Não me imaginava cantando isso'

Sonho de ser mãe

Família é primordial, eu sou um ser humano e eu também preciso de família. Lógico que eu continuo crendo que eu vou constituir uma família, mas isso é conforme a vontade de Deus. Eu sou muito apegada a minha avó, vou passar o Natal com ela na Bahia.
Tenho 45 anos, acho que hoje uma gravidez para mim seria “risco”, mas eu penso em ter filhos. Para isso a gente precisa de uma família estruturada. Antes eu não pensava em adotar, mas agora estou pensando. Creio que se eu vier a adotar vai ter que ser com toda uma estrutura e uma responsabilidade, a minha cabeça está boa para isso. É algo que eu comecei agora a cogitar. Antes realmente sonhava em ter meu mesmo, mas Deus é que sabe. Mas antes eu preciso de um marido, por enquanto estou solteira.

(Desde sua separação, Mara não assumiu um novo amor. Mas recentemente, o empresário Augusto Vicente foi apontado como novo namorado da cantora). Somos bons amigos. Sou amiga não só dele, mas da irmã, que é Andrea Mara e da mãe, Sîonia Mara. Estou indo para a família certa, família das Maras. Ele é uma pessoa muito discreta. Eu vejo que não só dele, mas ganhei a amizade da família toda. Isso é lindo, tem me feito muito bem.

Leia também:  Marília Mendonça é flagrada beijando ator que vai ser pai; veja o vídeo

‘Fãmília’

Eu viajo muito. O que me impressiona é que eu me sinto parte da família. Quando as pessoas gostam de alguém público eles sofrem com você, compram sua causa, te aconselham. Eu costumo falar que chamo fã de fãmília, faço uma brincadeira. Eu não tive filhos, minha família toda é na Bahia, tenho minha base em São Paulo. Eu seria uma pessoa muito só, mas não sou porque tenho a presença de Deus e do público. Recebo cartinha de criança que nunca viu meus programas infantis, mas continuo fazendo trabalho de DVD pra criança.
Da internet eu tenho feito do limão uma limonada, e não é de propósito, eu estava na caverna, não sabia nem abrir o computador. Aí falaram pra mim ‘você é uma das pessoas mais comentadas nas redes sociais’. (Mara tem soma mais de 350.000 curtidas em sua FanPage no Facebook, 120 mil seguidores no Twitter e tem mais de 15 mil vídeos relacionados a sua carreira no Youtube, somando cerca de 15 milhões de visualizações). Hoje eu gosto de escrever no Instagram, interajo, mas não me classifico como uma pessoa viciada na internet.

Vai Tudo Bem

A gente produziu o clipe da música de trabalho na Europa, com um cenário maravilhoso. Esse CD é muito especial porque o ano começou bem delicado. Eu olho um ano atrás nessa época eu estava sofrendo tanto e depois de um ano Deus sabe realmente nos ajudar a viver. Essa música veio, foi a última que entrou no repertório.
Outro projeto para 2014 é um portal abordando saúde e beleza, do corpo mente e espírito, chamado ‘Tudo Maravilha’. Será dentro do meu próprio site, que é muito visitado. Terá especialistas, profissionais falando de dieta, nutrição e dicas de saúde.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.