Um dos mais promissores talentos do UFC, o peso-galo Michael McDonald, de 22 anos de idade, teve uma ascensão meteórica na organização nos últimos três anos. O californiano venceu suas cinco primeiras lutas dentro de competições organizadas pela Zuffa – uma no WEC e quatro no Ultimate – e rapidamente recebeu uma chance de disputar o cinturão interino da categoria, contra Renan Barão. Apesar da derrota por finalização no quarto round, McDonald se recuperou com uma vitória em sua luta seguinte, contra Brad Pickett, e enfrenta Urijah Faber no próximo dia 14 de dezembro, em Sacramento, num combate que pode lhe garantir uma nova oportunidade de lutar pelo título.

Leia também:  União vence e assume liderança da Copa FMF

O jovem lutador, todavia, não aproveitou o sucesso dentro do octógono para apimentar sua vida sexual. Isso porque McDonald afirmou que está em abstinência de sexo há mais de três anos. Em entrevista à estação de rádio KMRQ Rock 96.7, exibida no especial de TV “UFC: Road to the Octagon”, o lutador afirmou, ao lado de sua noiva, Rachel Esteller, que não só não faz sexo antes de suas lutas, como não faz sexo em momento algum.

– Na verdade, estou em abstinência há três anos e meio já. É um bom argumento (que isso o beneficia nos combates) – riu o lutador.

Durante a entrevista, McDonald também falou de sua luta contra Urijah Faber, e mostrou confiança em suas mãos. O lutador de 22 anos venceu nove de suas 16 vitórias por nocaute.

Leia também:  Atleta de Rondonópolis fica com cinturão do Conselho Mundial de Muaythai

– Eu não sei se eu vou nocauteá-lo, mas eu testei o queixo de todo mundo que já enfrentei. Urijah vai balançar. Não sei o que vai acontecer depois disso, não sei qual vai ser o final da luta, mas eu acerto todo mundo – afirmou McDonald.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.