O Supremo Tribunal de Justiça (STF) determinou nesta quinta-feira (12) a prisão do deputado federal Pedro Henry (PP-MT). A Polícia Federal (PF) cumpri a ordem de prender o parlamentar condenado no processo do mensalão.

O parlamentar mato-grossense pode ser preso a qualquer momento, contudo a expectativa é que Pedro Henry se entregue à Polícia Federal no Distrito Federal, que no momento se encontra em Brasília.

Pedro Henry foi condenado pelo Supremo no processo do mensalão a 7 anos e 2 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, entrou com embargos infringentes (recursos que levam a novo julgamento) nos dois crimes.

Dos 25 condenados no processo do mensalão estão presos 15 envolvidos entre eles o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. Um está foragido, o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato. Outros três começarão a cumprir penas alternativas neste mês.

Leia também:  Após curto circuito, Gabinete de Vice-Governador de MT pega fogo
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.