A diferença de altura do brasileiro Antônio Pezão, que mede 1,93m, e o neozelandês Mark Hunt, que tem apenas 1,78m – 15cm a menos que o rival – fez com que o paraibano aproveitasse para encarar de cima o adversário na luta principal do UFC Fight Night no Combate: Hunt x Pezão, esquentando a pesagem oficial do evento, que aconteceu na madrugada desta sexta-feira em Brisbane, na Austrália. Na maior parte, no entanto, o clima que marcou o evento foi o de cordialidade entre os lutadores.

Além de Pezão, que ficou no limite da categoria dos pesos-pesados, com 120,7kg, os quatro outros brasileiros que atuarão no evento também bateram o peso em suas categorias: Maurício Shogun entre os meio-pesados, Caio Monstro e Bruno Carioca entre os médios e Bethe Pitbull, entre as pesos-galos.

Leia também:  Colorado vence fora de casa e ganha moral na Copinha

Se o gigante Antonio Pezão fez a tradicional cara feia para Hunt, o mesmo não se pode dizer de Shogun, que mostrou muito respeito a James Te Huna na tradicional encarada após passar pela balança. O embate entre ambos é o segundo mais importante da noite. Já entre as mulheres o tom foi outro. Bethe Pitbull não se intimidou com a estreia no UFC e encarou duramente Julie Kedzie, que, em resposta, debochou da brasileira, fazendo caretas enquanto Pitbull a fulminava com os olhos.

O Combate transmite o UFC Fight Night no Combate: Hunt x Pezão ao vivo e com exclusividade nesta sexta-feira, a partir de 21h20m (horário de Brasília). O Combate.com acompanha o evento em Tempo Real a partir de 21h20m, e exibe em vídeo ao vivo a primeira luta do torneio, entre os pesos-meio-médios Ben Wall e Alex Garcia.

Leia também:  Atleta de Rondonópolis fica com cinturão do Conselho Mundial de Muaythai

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.