Professor recebeu título de Cidadão rondonopolitano em 2009 - Foto: Aécio Morais / AGORA MT
Professor recebeu título de Cidadão rondonopolitano em 2009 – Foto: Aécio Morais / AGORA MT

Professor de educação física nas décadas de 70 e 80, na Escola Estadual Major Otávio Pitaluga (Eemop), Aluísio Angelo recebeu na última semana, mais uma homenagem, desta vez em Cáceres, distante 430 quilômetros de Rondonópolis. Ele participou do 2º Encontro dos Amigos da Princesinha do Paraguai.

Aluísio é natural de Cáceres e morou lá por muitos anos, inclusive ele ajudou a levar o Estádio ‘Geraldão’ para o município. Ele correu de Cáceres até a Capital, para levar uma reivindicação as autoridades da época.

“Me lembro como hoje, eu tinha bom porte físico e fui correndo até Cuiabá, para pedir a vinda de um estádio para a cidade. Demorei quatro dias e quatro noites, mas valeu apena”, lembra.

Leia também:  Inscrições abertas para Seminário de Saúde e Segurança no Trabalho em Rondonópolis

Em Rondonópolis, seu Aluísio ficou conhecido pelos campeonatos esportivos que organizava, como vôlei, basquete, atletismo e demais modalidades.

Ele contou que veio para a cidade no intuito de trabalhar como professor substituto pelo período de um mês, mas acabou ficando e hoje já soma 38 anos morando no município. Atualmente ele mora no bairro Vila Rica.

“Sai de Cáceres e fui morar em Campo Grande-MS, lá morei pouco tempo até receber o convite de trabalhar no Eemop”, conta o professor.

Seu Aloísio além de organizador, também era atleta, inclusive lutou em uma competição internacional, chamada Kid Relâmpago representando o Estado no Paraguay.

Aluísio perdeu a luta por dois pontos - Foto: Reprodução Aquivo pessoal
Aluísio  do lado esquerdo, perdeu a luta por dois pontos – Foto: Reprodução Aquivo pessoal
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.