O desespero parece ser a nova tática de defesa de João Emanuel (PSD), o vereador que acreditou que sendo cunhado de José Riva, o ‘eterno presidente’ da Assembleia Legislativa (AL-MT) poderia fazer o que bem entendesse.

Agora o vereador pediu a destituição do cargo. O fato aconteceu  na manhã desta terça-feira (03). Alguns vereadores já pediram sua destituição do cargo, e querem votar já na próxima sessão, o que a princípio feriria o regimento interno da casa. A reportagem do AGORA MT está acompanhado os fatos.

As suas recentes tentativas de tirar o foco dos escândalos de sua administração à frente da Casa de Leis tem se mostrado infrutíferas. A última foi envolver o nome do governador Silval Barbosa (PMDB) na compra de terras, grilagem e mais uma meia dúzia de contravenções.

Leia também:  PF encontra dinheiro em apartamento do ex-ministro Geddel

A Polícia Federal (PF), que tem dado andamento a investigação, descartou o envolvimento do governador e sequer cita seu nome na Operação Aprendiz. À imprensa, Silval disse que João Emanuel está a falar ‘insanidades’.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.