A produção de petróleo do Brasil recuou 0,7% em outubro ante setembro, para 2,079 milhões de barris por dia, informou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Na comparação com outubro de 2012, a extração de petróleo cresceu 3,4%, de acordo com relatório mensal da ANP.

Mais de 91% da produção de petróleo e gás natural foi originada de campos operados pela Petrobras.

A produção da Petrobras tem se mantido estagnada há meses, com adiamentos de novos sistemas de produção e atrasos na entrega de plataformas, além de algumas paradas para manutenção de unidades que já estão em operação.

No terceiro trimestre, a produção da estatal ficou praticamente no mesmo patamar do realizado no segundo trimestre, com a extração de petróleo e gás de 2,52 milhões de barris por dia.

Leia também:  Déficit previdenciário dos estados cresceu 10% em 2016

Em outubro, segundo a ANP, a média de petróleo e gás produzidos no Brasil foi de aproximadamente 2,537 milhões de barris de óleo equivalente por dia. Um ano antes, a média foi de 2,470 milhões de barris.

A produção de gás natural diminuiu 0,1% no período ante outubro de 2012 e 6,8% em relação ao mês anterior, somando 72,9 milhões de metros cúbicos.

A produção do pré-sal atingiu 308,4 mil barris de óleo e 10,1 milhões de metros cúbicos diários, totalizando 371,8 milhões de óleo equivalente por dia (boed), com queda de 6,5% em relação ao mês anterior.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.