Neste ano, 2,8 mil jovens, crianças e adultos foram atendidos pelo programa social da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp/MT) ‘Rede Cidadã’. O projeto está presente em dez das 17 Bases Comunitárias do órgão em Cuiabá e em outros três municípios: Nova Olímpia, Cáceres e Rondonópolis. A ação oferece aos alunos e pais capacitações, serviços comunitários, sociais, culturais, escolares, pedagógicos e psicossociais.

Segundo o coordenador-adjunto do programa, major PM Nivaldo José de Arruda, o ‘Rede Cidadã’ já realizou mais de 330 palestras em escolas, nas comunidades e nas unidades militares, para explicar o funcionamento do projeto. “O programa atua nas comunidades integradas às Bases Comunitárias de Segurança com o objetivo de reduzir a criminalidade e atender preventivamente crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade ou risco infracional”.

Leia também:  Jaciara receberá a última etapa do 'Circuito Ultramacho' de 2017

Estudantes que ingressaram em 2013 no Rede Cidadã já sentem o impacto das ações em suas vidas. Guilherme Batista de Souza, de 12 anos, disse que as atividades alegram e melhoram o relacionamento com as pessoas. “Aqui eu pratico atividades físicas, faço aula de violão e pintura e aprendo a ter um bom comportamento na escola e dentro de casa”, contou.

A presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública do bairro Lixeira, em Cuiabá, Luz Dalma Saturnino Passos, ressalta a importância do projeto social na Base Comunitária da região. “Com o Rede Cidadã, temos suporte para realizarmos as atividades de inclusão. Hoje contamos com uma visão diferente da polícia. Antes pensávamos que só servia para prender e agora vemos os policiais como parceiros da comunidade na luta para afastar jovens, crianças, adolescente e adultos da criminalidade”, comparou Luz Dalma.

Leia também:  Veículos com mais de 18 anos serão isentos de IPVA a partir de 2018

O programa tem a participação de profissionais das áreas de Assistência Social, Pedagogia, Educação Física, Educação Artística e Psicologia. Para 2014, a meta é implantar o Rede Cidadã em mais três municípios: Várzea Grande, Chapada dos Guimarães e Tangará da Serra, conforme a Sesp/MT. “No próximo ano esperamos uma procura maior pelo programa, uma vez que melhoramos em 30% os atendimentos, levando aos alunos e pais mais cursos, integração intelectual e qualificação da mão de obra por meio de cursos de culinária, informática, corte e costura, artesanato e bordado”, completou Nivaldo José de Arruda.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.