O secretário de Administração de Rondonópolis, Carlos Vanzeli, anuncia que vai realizar leilão público de veículos e bens da prefeitura local, a partir das 10h da quinta-feira (5). São ofertados 58 lotes com lances iniciais que variam de R$ 300 a R$ 11 mil. Vanzeli explica que o leilão reúne bens que perderam o valor patrimonial com o tempo e não atendem mais as necessidades a que se destinam. Mas representam um custo de manutenção significativo para o município.

A expectativa do secretário é conseguir investir os recursos arrecadados com o leilão em serviços prioritários do atual governo, como escolas e creches. “Estamos gastando dinheiro para conservar aquilo que não vamos mais usar. O que precisamos é dar eficiência ao serviço público. Por isso, poderemos reverter esses recursos em propósitos de governo bem elaborados e investir naquilo que a população mais precisa”, defende.

Leia também:  Em jantar dançante, Marinho & Seus Beat Boys comemoram 50 anos de história

A gerente do Núcleo de Patrimônio do Município, Valquíria Vicentini, explica que os lotes ofertados no leilão estão depositados nos pátios das secretarias de Educação – Semed e de Meio Ambiente – Semma, da antiga Casemat e da empresa Rondiesel. Os interessados devem se cadastrar para fazer os lances. As vistorias dos lotes começaram nesta segunda-feira (2) e acontecem no período das 8 às 11 horas e das 13h30 às 17h.

É exigido apresentação de cheque caução no ato do leilão e o pagamento dos bens arrematados é à vista. Licitantes com restrições e que apresentarem cheques de terceiros deixam de ser habilitados a participar. O leilão vai ser realizado no pátio da Semma, localizada na Rua Poguba, na Vila Goulart. Mais informações podem ser obtidas pelo site do leiloeiro www.kleiberleiloes.com.br  e pelos telefones  (65) 3027.5131 e  9976.1033.

Leia também:  IFMT Rondonópolis abre 46 vagas para vestibular de nível superior
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.