O 3º sargento Luciano Amorim dos Santos, 36 anos morreu e o soldado Waldenir Miranda Silva ficou ferido em estado grave, após abordarem um menor que fugia em uma motocicleta roubada. O caso aconteceu na madrugada de hoje (23), no Distrito de Caramujo, município de Cáceres.

Segundo informações preliminares o após a perseguição o menor teria abandonado a motocicleta em um terreno e teria fugido por uma cerca de  balaústre, porém ao tentar pular o obstáculo o suspeito se ‘enroscou’. O sargento Amorim encontrou o jovem preso e foi fazer a abordagem.

A suspeita é que o coldre do policial teria aberto na ação e com isso o menor teria pegado a arma e atirado em Amorim e no soldado Waldenir. Amorim foi atingido por um disparo de arma de fogo na altura do coração e o soldado Waldenir que o acompanhava, foi baleado com dois tiros, um no pescoço e o outro nas costas, ele está internado em estado grave.

Leia também:  Sete ficam feridos após carro bater em poste e capotar durante a madrugada em Porto Alegre

Após o crime, três viaturas se deslocaram para o local para dar apoio na ocorrência, porém durante o trajeto, logo em frente ao posto da PRF, uma viatura ocupada pelo 3º sargento Luciano Pinheiro Garcia, cabo César Elias Campos de Morais e cabo Rodiney da Silva Rodrigues, veio a se chocar com um poste de iluminação pública.

Viatura bateu no poste - Foto: PRF
Viatura bateu no poste – Foto: PRF

O sargento Luciano teve fraturas na costela, César Elias teve a bacia e fêmur fraturados e Rodiney escoriações pelo corpo. Ambos também encontram-se internados no Hospital Regional.

Neste momento a Polícia Militar local está em diligência, juntamente com guarnições da Força Tática, Agência Regional de Inteligência (ARI), Gefron sendo apoiados também pela Polícia Federal e Polícia Civil, ambas estão atuando em conjunto para deter o menor infrator.

Leia também:  Dupla em uma moto mata jovem na Rodovia do Peixe

Foi detido e encaminhado até a 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres, Antonio Márcio dos Santos (32), suspeito de participação no roubo e de apoiar o menor L. D. B. 17 anos, na fuga.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.