Foto: assessoria
Foto: assessoria

Atendendo a reivindicação da população do município de Tesouro (366 quilômetros de Cuiabá), preocupada com o boato que de o Programa MT Integrado não chegaria à cidade, os deputados Teté Bezerra e Carlos Bezerra intermediaram uma audiência com o governador Silval Barbosa, para sanar com o mal entendido. Participaram do encontro o ex-prefeito do município Antônio Leite Barbosa e os vereadores do PMDB, Jaime Silva, Juscelino Castro e Marcio Mourão.

Durante a conversa o governador não só garantiu que o Programa chegará a cidade como também irá fazer o lançamento da obra. “A licitação sai até 15 de janeiro e no mês de março vamos dar a ordem de serviço. A demora é devido a ajustes no projeto, mas esta 100% garantido”, destacou o governador.

Leia também:  OAB/MT quer auditar sistema de escutas no Estado

A deputada Teté Bezerra avaliou como positiva a conversa com o governador em deixar bem claro que em nenhum momento houve cortes nos municípios que serão contemplados pelo Programa. “Estamos empenhados em junto com o governador e sanar qualquer mal entendido. A população de Tesouro pode ficar tranquila que o tão sonhado asfalto é certo”, disse ela.

O deputado Federal, Carlos Bezerra lembrou que o Programa MT Integrado vai interligar 44 municípios do Estado que ainda não têm nenhuma estrada pavimentada. No total, serão investidos R$ 1,5 bilhão, contratado com o Banco do Brasil por meio das linhas de financiamento do Bando Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Ele destacou a contrapartida do governo do Estado que será de R$ 150 milhões. Os recursos provenientes da operação de crédito serão consignados como receita no orçamento ou em créditos adicionais e não poderão ser aplicados para quitação de despesas correntes.

Leia também:  Ex governador Silval Barbosa é solto após 21 meses

MT + QUE INTEGRADO

Além dos 44 municípios, três rodovias estaduais também foram incorporadas ao programa: a MT-338, conhecida como “Estrada da Baiana”, que liga os municípios de Juara e Tapurah; a MT-020, que liga Canarana a Paranatinga; e a MT-030, que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães. No total, serão asfaltados quase 2,1 mil quilômetros de rodovias.
O município de Tabaporã será o maior beneficiado, com 103,8 quilômetros de asfalto. Em seguida, aparecem Santa Terezinha, com 95,4 quilômetros, e Nova Brasilândia, com 85,6.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.