Na próxima sexta-feira (13), às 16h, acontece no quadrilátero central de Rondonópolis uma caminhada e panfletagem com o tema “Contra o uso do Narguile” o evento é organizado pelo Conselho Tutelar.

A prática de fumar narguile tem se tornada cada vez mais comum entre os jovens da cidade e apesar de parecer inofensivo “cachimbo d’ água” preocupa os conselheiros em razão dos danos que podem causar à saúde.

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a venda e a utilização do narguile é proibida para menores, e devido o grande número de denúncias o Conselho organiza uma ação de orientação sobre os malefícios que o narguilé causa à saúde.

O plantão de denúncias do Conselho Tutelar de Rondonópolis funciona 24h pelos telefones (66) 3411-5052, (66) 3411-5177 ou (66) 3411-5166.

Leia também:  Caminhada contra a gordofobia acontece neste domingo (09) em Rondonópolis

PERIGO DO NARGUILE

Uma forma de tabagismo que tem atraído muitos jovens brasileiros por causa dos aromas e do ritual motivou um alerta dos médicos. Um estudo comprovou que os narguilés, ou narguíles, são mais perigosos para a saúde do que o cigarro comum.

O mal que o cigarro provoca no organismo já é bem conhecido, mas pouca gente sabe que a fumaça produzida no aparelho é ainda mais perigosa. O tabaco colocado dentro dele, quando queimado, libera as mesmas substâncias tóxicas, mas em uma concentração bem maior do que as que um fumante comum está habituado a inalar.

Um estudo da Organização Mundial de Saúde mostrou que uma rodada de narguilé, ou narguíle, como alguns costumam chamar, equivale a fumar até 100 cigarros. Essa espécie de cachimbo d’água tem 100 vezes mais alcatrão, 4 vezes mais nicotina e 11 vezes mais monóxido de carbono que um cigarro comum.

Leia também:  Palanque de Taques pode ter Pátio, Percival, Rogério e Sachetti

Especialistas alertam ainda para um perigo extra: o grupo quando fuma, costuma compartilhar a piteira. E isso, para saúde pública, também é grave, porque os níveis de contaminação por tuberculose, por herpes labial e por hepatite aumentam.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.