A expectativa predominante na F1 é que o novo regulamento técnico aumente o equilíbrio entre as equipes. Mas, para Sebastian Vettel, o temor é que ele tenha o efeito contrário, e promova um aumento da disparidade dos carros.

Em entrevista à Autosport, o alemão disse que é difícil prever o impacto das novas regras, mas pode ser negativo para a competitividade do esporte. “Espero que não separe demais os carros, porque tivemos uma batalha bastante apertada, envolvendo várias equipes, nos últimos anos.”

Vettel discorda de quem criticou o excesso de domínio da Red Bull, que chegou a quatro títulos seguidos. “No geral, tivemos boas corridas e tivemos campeonatos apertados, e depois outros que não foram tanto. Mas a F1 sempre foi assim”, analisou.

Leia também:  Cuiabá Arsenal encara último rival da 1ª fase do brasileiro

Dos quatro títulos seguidos do alemão, dois deles (2010 e 2012) foram assegurados apenas na última corrida, e outros dois (2011 e 2013) foram conquistados com grande antecedência. Na última temporada, Vettel igualou o recorde de Alberto Ascari ao vencer nove corridas seguidas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.