Amigos de longa data, o treinador Ary Marques e o preparador físico Alexandre Schmidlim irão reeditar no CEOV (Clube Esportivo Operário Várzea-grandense) a parceria vitoriosa do Cuiabá. Nesta sexta-feira, Alexandre foi confirmado como novo preparador físico do Operário, após pouco mais de um mês de trabalho no Mixto. Nesta sexta-feira, o elenco foi apresentado aos torcedores.

Ele é mais um profissional que deixa o Tigre para trabalhar no Operário, seu maior rival. Antes dele, os jogadores Kall, Jamba, Wallison, Odail Júnior e Oneir, além do preparador de goleiros Júlio César e o supervisor Marcos Tifu já haviam ‘pulado o muro’. Outro que também está no Chicote da Fronteira é o ex-presidente do Mixto, Hélio Machado.

Leia também:  Cuiabá Arsenal encara último rival da 1ª fase do brasileiro

Alexandre agradeceu a oportunidade concedida pelo Tigre, mas que sua amizade com Ary pesou na decisão.
– Eu e o Ary nos conhecemos há muito tempo, trabalhamos juntos no Paraná e nos últimos três anos no Cuiabá. Sou grato ao Mixto pela chance que me foi dada, e espero que entendam minha decisão – disse.

Os dois estiveram juntos no Cuiabá desde 2010, mas antes já haviam atuado juntos nas categorias de base do Paraná Clube. No Dourado, foram bicampeões mato-grossenses, campeão da Copa Mato Grosso, além do acesso à Série C. A dupla se desfez após a demissão do Dourado, na Série C 2013.

Alexandre se apresenta neste sábado para comandar o primeiro treino. A estreia do CEOV será contra o Mixto, no dia 19 de janeiro, no Estádio Dutra, com transmissão da TV Centro América.

Leia também:  Seleção masculina de futsal brasileira disputará amistosos em Mato Grosso
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.