Anderson Silva recebeu alta nesta terça-feira, dois dias depois de passar por uma cirurgia no University Medical Center Hospital, em Las Vegas (EUA), para reparar a fratura sofrida na perna durante o UFC 168, na luta contra Chris Weidman. A informação é do SporTV. O brasileiro saiu pela porta dos fundos do hospital em um ônibus especial em direção à sua casa em Los Angeles, também nos Estados Unidos.

O brasileiro precisou passar por uma cirurgia para implantar uma haste no osso da tíbia, que foi considerada um sucesso pela equipe médica que operou o ex-campeão. O lutador se machucou no segundo round da luta contra o americano quando tentava recuperar o cinturão da divisão até 84kg, perdido em julho, no UFC 162.

Leia também:  União e Cuiabá ficam no empate Luthero

No domingo, o UFC emitiu um comunicado oficial a respeito da cirurgia a que se submeteu Anderson Silva. Leia abaixo na íntegra:

“Depois da luta principal do UFC 168, o ex-campeão Anderson Silva foi levado a um hospital de Las Vegas, onde passou por cirurgia para reparar a perna esquerda que estava quebrada. A cirurgia foi um sucesso e foi realizada pelo Dr. Steve Sanders, cirurgião ortopédico do UFC, que inseriu uma haste intramedular na tíbia esquerda. A fíbula quebrada foi estabilizada e não vai precisar de uma cirurgia à parte. Anderson vai continuar no hospital por um período curto, mas não passará por nova cirurgia. O tempo de recuperação para esse tipo de lesão pode variar de três a seis meses. Anderson está profundamente tocado pelas manifestações de apoio de seus fãs e de toda a comunidade do MMA. Não houve decisão imediata sobre o seu futuro e ele gentilmente pede privacidade neste momento, enquanto lida com a sua lesão e se prepara para voltar para casa para se recuperar”.

Leia também:  Avengers e Ki-Modelo disputam final de basquete nesta sexta

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.