A grave lesão sofrida por Anderson Silva no UFC 168, dia 28 de dezembro, em Las Vegas (EUA), deixou uma dúvida no ar entre fãs e lutadores de MMA: O Spider deveria voltar ao octógono? Para Anthony Pettis, a resposta é não. Segundo afirmou o campeão peso-leve do Ultimate, o brasileiro já deixou sua marca no esporte e não teria motivo para voltar à lutar.

– Eu espero que ele (Anderson Silva) não volte. Seu legado está completo. O que muda se ele voltar e ganhar o cinturão novamente, se ele já fez o que fez no esporte? Eu não pude assistir a luta, mas foi chato porque ele é um dos maiores de todos os tempos. É o Muhammad Ali do MMA e o jeito que ele saiu foi muito chato – disse Pettis ao site “Yahoo”.

Leia também:  Antigo Luthero vira cult e ganha lembrança especial do torcedor

Além de comentar sobre a possibilidade de retorno de Anderson Silva, Anthony Pettis ainda falou sobre sua própria recuperação, após passar por uma cirurgia no joelho, e sobre a situação de Dominick Cruz, que voltou a se lesionar e perdeu o cinturão dos pesos-galos para o brasileiro Renan Barão.

– Eu não tenho dores e não estou tomando analgésicos. Agora é só esperar. Esperar a cicatrização e voltar. O mais difícil é recuperar a confiança. Voltar ao octógono e saber que não há nada de errado – afirmou Anthony Pettis, para em seguida completar:

– Sinto muito por ele (Dominick Cruz). Lesões fazem parte do jogo e para alguém que fica afastado tanto tempo, eu entendo. Mas se eu ficasse fora um ano, daria uma chance para outro lutador. Esperei pelo título por muito tempo, então, eu entendo – encerrou.

Leia também:  Colorado perde e precisa reverter diferença de dois gols
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.