A produtividade prevista para a próxima safra de milho em Mato Grosso caiu drasticamente. O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) apontou no último boletim a expectativa de 87,7 sacas por hectare ante 101,5 sacas no ciclo anterior. A variação registrada foi de -13,63%. A maior quantidade é esperada no Norte, 88,8 enquanto a menor no Noroeste, 84,1. No Médio-Norte, a região com mais produção, a estimativa é de 88,7.

No próximo ciclo o Imea reduziu para 3,25 milhões de hectares a área projetada para o plantio. A queda foi de 3,2% em relação à primeira prévia, de 3,36 milhões. As regiões Noroeste e o Norte apresentaram a maiores reduções, 17% e 16,3%. Ao todo a expectativa é por pouco mais de 17 milhões de toneladas.

Leia também:  MPE denuncia estudante por homicídio triplamente qualificado e requer manutenção de prisão

O instituto ressaltou anteriormente que “em relação à safra 2012/13 a estimativa prevê redução de 12,3% na área da próxima temporada, com a região nordeste do Estado apresentando os menores recuos, apenas 0,4%, motivados, sobretudo, pela expansão de novas áreas com o cultivo da soja. Devido aos baixos preços do milho em 2013, a participação do cereal sobre a área da soja na safra 2013/14 será reduzida para 39,2%, um recuo bastante expressivo se comparado com os 46,8% de participação registrada na safra passada”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.