A delegada Anaíde Barros, responsável pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Cuiabá, atuou em flagrante na manhã desta segunda-feira (06) o casal André Luiz Pinto de Souza, 22 anos, e Tainara de Araújo Pinto de Souza pela morte do filho deles de apenas 2 meses.

De acordo com Anaíde, o casal discutia na noite de sexta-feira (03) e o pai teria jogado o bebê em um colchão no chão. A mãe notou que a criança estava com febre e convulsões, mas o casal resolveu não levá-la ao médico, segundo eles porque o bebê tinha sinais de mordidas que eles davam durante brincadeiras.

A criança passou o dia inteiro com os sintomas e veio a morrer por volta da meia noite, quando eles resolveram procurar um pastor e levaram o corpo até o hospital.

Leia também:  Família é rendida, amarrada e trancada em banheiro por trio armado

A Polícia foi acionada, eles foram presos e autuados pelo crime de homicídio doloso, quando há a intenção de matar. A mãe responderá como coautora do crime, pois foi conivente com a emissão de socorro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.