A colheita da safra de soja 2013/2014 avança em Mato Grosso. O boletim de acompanhamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) aponta que os trabalhos já atingem 4,2% dos 8,3 milhões de hectares cultivados, correspondendo a 346 mil hectares, variação de 1,0 ponto percentual (p.p) em relação ao último ciclo.

Segundo o Imea, a região Oeste é mais adiantada com 11,3% seguida pelas do Sudeste e Médio-Norte, com 4,4% e 3,7%, respectivamente. “Tradicionalmente as regiões noroeste e nordeste do Estado apresentam os ritmos mais lentos da atividade, estando no momento com 0,9% e 1,1%, respectivamente, da área colhida. Já a região norte ainda não começou as atividades”, aponta do documento.

Leia também:  Lideranças e membros da sociedade civil apresentam propostas para Cuiabá de 2019

Conforme o instituto, “Apesar de as chuvas continuarem atingindo grande parte do Estado, os registros de prejuízo com a precipitação nas atividades de colheita são bem pequenos. Com boas produtividades das áreas já colhidas, as médias parciais chegam próximas a 52 sacas/hectare. Assim, o Estado registra até o momento cerca de um milhão de toneladas de soja no mercado”.

De acordo com o Imea, “as três regiões que se destacam na produtividade são a Médio-Norte, Sudeste e Centro-sul, todas com médias próximas a 53 sacas/hectare. As atividades no campo devem se intensificar em fevereiro, todavia, as expectativas climáticas não são muito animadoras, visto que os índices pluviométricos são elevados, podendo atrapalhar o andamento dos trabalhos”

Leia também:  Após articulação do MPE, escola sonhada há mais de 10 anos vai se concretizar
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.