O Governo Estadual confirmou nesta terça-feira (07) a extinção da Secretaria Extraordinária de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes (Selit).

A pasta estava sob o comando de Francisco Vuolo (PP). Silvio Corrêa, que atua como chefe de gabinete do governador Silval Barbosa (PMDB), acumularia a função. Contudo, fechou-se entendimento em torno do nome de Pedro Nadaf (PR), responsável pela Casa Civil, mas se optou por acabar com a Secretaria.

A extinção da pasta aponta para a formação do quadro político que disputará as eleições em outubro.

Vuolo irá disputar uma das vagas da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL/MT). O prazo final para deixar o cargo seria encerrado em 5 de abril.

Leia também:  Com emenda de Rezende, Unemat aprecia Direito para Rondonópolis

Fracisco Vuolo é o 4º secretário a pedir exoneração com vistas ao pleito deste ano.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.