A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) revisou os números da safra de grãos 13/14 em Mato Grosso e aumentou a projeção para 48,6 milhões de toneladas no quarto levantamento divulgado nesta quinta-feira (09), ante 48,5 milhões no último, publicado em dezembro. A variação chegou a 5,9% em comparação com o ciclo 12/13, quando foram estimados cerca de 45,9 milhões, consolidando o Estado com a maior produção nacional seguido do Paraná, que espera 35 milhões. A área de cultivo também passou de 12,3 milhões de hectares para 12,9 milhões.

Na cultura da soja em Mato Grosso a Conab manteve a mesma projeção de dezembro, pouco mais de 26 milhões de toneladas, o que representou aumento de 10% ante o último ciclo, quando foram esperadas 23,5 milhões. A área de cultivo também saltou de 7,8 milhões de hectares para 8,3 milhões. Já para o milho são previstas pouco mais de 19,8 milhões de toneladas, praticamente o mesmo em relação a estimativa do mês passado e do ciclo 12/13, bem como a área de cultivo, de 3,4 milhões de hectares.

Leia também:  Exposição sobre Santos Dumont encanta estudantes ao unir lazer e conhecimento

No país, a produção deve chegar a  196,7 milhões de toneladas, aumento de 5,2% em relação à safra passada, de 186,9 milhões. O destaque foi para a soja, que teve um crescimento de 10,8%, o que representa uma produção estimada em 90,3 milhões de toneladas para a safra atual.

Já o milho primeira safra, 2ª maior cultura produzida no Brasil, apresentou um decréscimo de 5,9%.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.