Dados divulgados pela Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja MT) revelam que este ano os produtores de soja estão gastando mais para combater as pragas da lavoura em MT.

A pesquisa revela que além da lagarta helicoverpa armígera, a falsa medideira também está tirando o sossego dos agricultores.

Diego Dalmaso, que é agricultor, afirma que nesta safra o ataque da lagarta falsa medideira foi mais intensa, chegando ao ponto de ter que aumentar o monitoramento nos 900 hectares de soja que possui em Sapezal, região oeste de MT.

A associação também revela que o custo do produtor nesta safra está R$ 50 mil mais caro devido o aumento da compra de mais agrotóxicos para combater a praga. Com o ataque agressivo o número de aplicações de inseticidas aumentou e o intervalo de uso diminuiu, fazendo com que aumente a compra de agrotóxico.

Leia também:  Valor médio da gasolina sobe e atinge recorde de R$ 3,85 para o consumidor

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) revela que mesmo com o ataque mais intenso das lagartas, o estado deve ter uma safra maior de soja este ano, com um aumento de até 10%.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.