O consumo de energia no Brasil em 2013 totalizou 463,7 mil gigawatts-hora (GWh). O volume é 3,5% superior ao apurado no ano anterior, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (29), pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), que informou que a taxa de crescimento foi semelhante à observada em 2012, na comparação com 2011.

De acordo com a estatal, o aumento do consumo de energia em 2013 foi impulsionado, principalmente, pelo segmento residencial, que registrou alta de 6,1% no consumo em relação a 2012, totalizando 124,8 mil GWh.

Segundo a EPE, o resultado mostrou o “dinamismo significativo” do consumo residencial no Nordeste, onde a taxa de crescimento alcançou 11,5%, totalizando 23,8 mil GWh.

Leia também:  Gastos de brasileiros no exterior aumentam 32,6% em setembro

Com um consumo total de 83,7 mil GWh, o segmento do comércio e serviços apresentou a segunda maior elevação do ano, de 5,7%, refletindo a expansão do setor no Sudeste, responsável por metade do incremento em 2013.

Já o setor industrial apresentou um crescimento tímido, de apenas 0,6%, no consumo de energia em 2013, frente 2012, totalizando 184,6 mil GWh.

Segundo a estatal de estudos energéticos, o desempenho do mercado industrial nas regiões Centro-Oeste e Sul compensou o menor consumo dos segmentos eletrointensivos, que persistiu ao longo do ano.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.