Em um leilão realizado na cidade de Scottsdale, nos EUA, a Ferrari F300 que foi pilotada pelo heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, em 1998, foi leiloada e arrematada pelo valor de US$ 1,7 milhão (aproximadamente R$ 4 milhões).
O bólido, desenvolvido por Rory Byrne, era alimentado com um motor V10 de 3 litros, e ajudou Schumi a conquistar seis vitórias e o vice-campeonato da temporada, vencida por Mika Hakkinen e a sua imbatível McLaren MP4/13. O monoposto é considerado como a peça chave no posterior domínio da escuderia de Maranello na primeira metade dos anos 2000.

– O carro clássico vem acompanhado pelo certificado da Ferrari que mostra que o carro foi pilotado por Michael Schumacher. O monoposto foi completamente restaurado pela escuderia e pode rodar em eventos históricos. Acreditamos que a F300, de 1998, foi parte integral do processo de dominância da Escuderia Ferrari na Fórmula 1 – era possível ler no comunicado à imprensa.

Leia também:  Colorado vence fora de casa e ganha moral na Copinha

Estado de Schumacher segue estável após acidente

Chegando ao 23º dia em coma após o acidente de esqui ocorrido no dia 29 de dezembro na estação de Méribel, nos Alpes Franceses, Michael Schumacher segue estável, afirma sua assessoria. A porta-voz do ex-piloto, Sabine Kehm, emitiu um comunicado nesta sexta-feira informando que o heptacampeão mundial de Fórmula 1 não teve alterações em seu quadro clínico, e que qualquer rumor a respeito de sua saúde deve ser desconsiderado pelos fãs e pela imprensa.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.