Campeão dos pesos-moscas do UFC, Demetrious Johnson afirmou durante uma sessão de perguntas e respostas com os fãs no último fim de semana que, se dependesse dele, o brasileiro John Lineker já estaria demitido da organização, após falhar em bater o limite de peso da categoria (57,15kg em lutas que não valem cinturão) em três oportunidades diferentes. Em vez disso, Lineker está em Newark, EUA, se preparando para enfentar o russo Ali Bagautinov no UFC 169, no próximo sábado.

Uma vitória praticamente lhe garante uma chance de resolver essa rixa diretamente com Johnson.

E embora Lineker admita que faltou com sua responsabilidade ao ficar acima do peso, ele também não descarta a possibilidade de o campeão estar simplesmente “com medo” de enfrentá-lo.

– Ainda bem que ele não é Dana White, né? Não sei se ele está com medo de mim, mas com certeza desta vez vou fazer jus não só ao meu apelido de novo, (mas) quanto ao peso (também). Acho que ele falou isso, besteira, sei lá, mas se eu dei brecha para ele falar, cada um fala o que pensa. Não estou nem um pouco preocupado com o que ele falou, estou de cabeça erguida.

Leia também:  União tem estreia contra o Dom Bosco confirmada

Todo mundo erra, errei, mas vou me levantar, já me levantei. Espero que ele esteja com medo de mim – disse Lineker ao Combate.com.

A primeira das três falhas do paranaense em bater o peso aconteceu justamente em Newark, em maio de 2012, na sua estreia pelo UFC. Na época, sozinho no hotel, Lineker não teve auxílio para o processo de corte de peso, mas ainda assim ficou apenas 200g acima do limite. De acordo com seu empresário atual, Alex Davis, uma médica da comissão atlética local o impediu de cortar o peso restante devido à ansiedade em que ele se encontrava.

Desta vez, a situação é bem diferente. Lineker está estabelecido no evento, com quatro vitórias consecutivas, e descobriu nos últimos meses que um problema clínico, de ansiedade, o atrapalhava no processo de perda de peso. Ele iniciou um trabalho com o Dr. Marcos Aranha para resolver o problema e deu resultado: chegou a Newark já com 61kg, ou seja, apenas cerca de três quilos acima do que precisa registrar ao subir na balança na pesagem de sexta-feira, véspera da luta com Bagautinov.

Leia também:  José Aldo terá a revanche pelo cinturão contra o atual campeão Max Holloway

– Foram remédios que ele me deu, injetáveis, que controlam a ansiedade, não deixam liberar o cortisol. Graças a Deus, deu resultado. Minha cabeça que me prejudicava um pouco, mas agora está tudo certo. Agora é só a parte de hidratação, que é a mais chata, e está tranquilo – disse Lineker.

O resto do peso vai sair num processo de desidratação, embora o peso-mosca diga que vai evitar fazer sauna novamente.
– Da sauna, eu quero fugir, quero (perder) mais na parte do exercício, de corte de água e vamos ver no que vai dar.

Outra diferença deste camp de treinamentos foi um período de trabalho na equipe American Top Team, na Flórida, nos EUA. Lineker chegou a Newark acompanhado de membros do time e aprovou o reforço.

Leia também:  Corinthians vence o Fluminense de virada e se torna campeão brasileiro pela sétima vez

– Os treinamentos foram show de bola, com grandes profissionais. Lá também tem grandes atletas, então a experiência que tive lá, no pouco tempo que fiquei, deu para treinar bem para esta luta. Estou bem feliz com esse camp. Fiquei uns 10 dias lá no total – concluiu.

Com John Lineker x Ali Bagautinov no card principal, o UFC 169 ocorre a partir das 21h30m (de Brasília) deste sábado, com transmissão ao vivo e exclusiva do canal Combate. A pesagem será realizada na sexta-feira, às 19h, com transmissão do Combate e também do SporTV.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.