O lutador de MMA Joseph Torrez, de 27 anos, viveu um começo de ano dramático para defender sua família. Morador de Las Cruces, no Novo México (EUA), ele teve a casa invadida por quatro bandidos e matou um deles a facadas. Um foi hospitalizado, e os outros dois foram presos.

De acordo com o site “The Las Cruces Sun-News”, Torrez havia sido ameaçado por telefone por um dos bandidos antes da invasão, que aconteceu no primeiro dia do ano. Sal Garces (25 anos) e o irmão Raymond Garces (19), Nathan Avalos (20) e Leonard Calvillo (22) entraram à força durante a madrugada. A noiva de Torrez, o filho dele e mais uma mulher estavam na casa.

Leia também:  Internacional pode ser excluído da Série B após denúncias de documentos falsificados

Sal Garces foi esfaqueado e morreu no local. Nathan Avalos sofreu lesões graves na face e foi hospitalizado. Raymond Garces e Leonard Calvillo foram presos pouco tempo depois. Todos os quatro homens são supostamente membros de uma gangue, alguns com histórico de envolvimento com drogas.

O advogado de Torrez alega que “ele estava lutando por sua vida”, mas o lutador pode ser acusado e posteriormente sentenciado pela morte de Sal Garces. Ele, por sinal, já se mudou para uma casa nova. De acordo com o “Daily News”, Torrez é um atleta da categoria peso-leve (até 70kg) e tem um cartel no MMA de seis lutas, com cinco derrotas e apenas uma vitória.

Leia também:  Acontece nesse final de semana 1º Torneio de Férias de Vôlei no Ginásio Municipal de Jaciara
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.