O ex-deputado federal Pedro Henry (PP) parece estar dando uma de ‘Madalena arrependida’ após ter sido condenado a cumprir sete anos e dois meses de prisão em regime fechado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do mensalão.

Ele, que já está trabalhando no Hospital Santa Rosa em Cuiabá, quer estudar e também dar plantões aos fins de semana no Instituto Médico Legal (IML) da capital.

O pedido que ainda será analisado, pode proporcionar a Henry alguns dias a menos de detenção, já que a cada 12 horas de estudo serão abatidas 24 horas de pena. O mesmo pode ser batido com três dias de trabalho.

Advertisements
Leia também:  Pelé e Coutinho; Wilson e Zé do Pátio

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.