Ter um cartel qualificado no MMA nem sempre significa ter a certeza de grandes lutas marcadas com facilidade. Para o peso-leve Khabib Nurmagomedov, que está invicto com 21 vitórias na carreira, encontrar um adversário disposto a entrar no octógono do UFC tem sido uma árdua tarefa para Dana White.

Tanto que o dirigente chegou a expressar a dificuldade em sua conta no Twitter, após a recusa de Nate Diaz em enfrentar o russo. A mensagem no microblog era clara: “Ninguém quer enfrentar Khabib”. Pouco depois, Michael Johnson se pronunciou sobre o caso e se ofereceu para lutar contra “aquele que ninguém quer”.

– Dana White, se o Nate Diaz não quis, acho que os fãs gostariam de me ver enfrentar o Khabib – postou Michael Johnson também no Twitter.

Leia também:  Dom Bosco marca jogo para às 9h no domingo pela Copa FMF

Aos 27 anos, Michael Johson possui um cartel de 14 vitórias e oito derrotas. Ex-participante do TUF 12, o americano começou 2013 com derrota para Reza Madadi em abril, porém, o peso-leve se recuperou na temporada ao vencer Joe Lauzon e Gleison Tibau, em agosto e dezembro, respectivamente.

Já Khabib Nurmagomedov, de 25 anos, é uma das grandes apostas do UFC para continuar sua expansão pela Europa. Com 21 vitórias em 21 lutas, o russo iria enfrentar inicialmente Gilbert Melendez no UFC 170, entretanto, Dana White apenas disse que esse confronto não iria acontecer agora. A saga para encontrar um adversário para o lutador teve um novo capítulo no último domingo, quando o dirigente do Ultimate afirmou que Nate Diaz não tinha aceitado lutar com Nurmagomedov.

Leia também:  Apresentador passa mal "ao vivo" em Lucas do Rio Verde
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.