Dados divulgados pelo Boletim Semanal de Análise de Milho no estado de Mato Grosso, concluem que o cenário do milho em 2013 foi marcado por recorde produtivo, preços baixos e gargalos logísticos em Mato Grosso. De forma geral, as lavouras de milho apresentaram-se com bom desenvolvimento.

Segundo o estudo, todo esse desenvolvimento decorreu devido à presença de chuvas favoráveis em praticamente todo o ciclo da cultura.

O levantamento ainda conclui que o Estado cultivou 3,7 milhões de hectares, apresentando altas produtividades, com média de 102 sc/ha, impulsionando o recorde produtivo de milho de 22,53 milhões de toneladas.

Com essa produção, conclui-se que MT tornou-se o maior produtor nacional de milho na safra 2012/13. Devido à pressão da superoferta interna e mundial, os preços do cereal despencaram no Brasil e no mundo. O Estado encerrou o ano com média de R$ 13,72/sc.

Leia também:  Preço da carne de 1ª reduz e consumidor pode comemorar em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.