O Partido dos Trabalhadores (PT) inicia esta semana negociações com partidos aliados para saber se vai lançar um nome para disputar as eleições.

Lúdio Cabral, que perdeu a eleição de 2012 para prefeito de Cuiabá, e foi derrotado no segundo turno para Mauro Mendes, trabalha nos bastidores para que seu nome seja escolhido para disputar como governador.

O ex-vereador do PT tem que ter muita fé. Ele precisa convencer no mínimo sete partidos aliados  ao governo do PMDB e do PT.

Em conversa informal, a reportagem do AGORA MT conseguiu apurar que o ex-vereador tem apoio de pelo menos metade destes aliados.

Contudo, o seu histórico de perdas nas eleições joga contra ele. Muitos preferem investir em um nome mais seguro para sair candidato.

Leia também:  Sachetti projeta licença e Túlio Fontes pode assumir vaga

O problema é que esse nome ainda ‘não existe’.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.