O mercado financeiro fez uma leve alteração em sua perspectiva para o comportamento da inflação e do crescimento da economia em 2014, segundo números divulgados pelo Banco Central nesta segunda-feira (20) por meio do relatório de mercado, também conhecido como Focus. O documento é fruto de uma pesquisa com mais de 100 instituições financeiras realizada na semana passada.

A estimativa dos economistas dos bancos para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – considerada a inflação oficial do país e medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – de 2014 subiu de 6% para 6,01%. Em 2013, o indicador fechou em 5,91%, segundo o IBGE.

Para 2015, a projeção de aumento nos preços também foi modificada: de 5,50%, no boletim Focus anterior, para 5,60% agora.

Leia também:  Preço do diesel e da gasolina são reajustados nas refinarias

A previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2014 também foi ligeiramente alterada, de 1,99% para 2%, segundo o Banco Central. A expansão esperada pelo mercado este ano é cerca de metade do crescimento da economia previsto no orçamento aprovado pelo Congresso Nacional: 3,8%.

A projeção para o ano que vem é de maior crescimento em relação à divulgação feita na semana anterior – passou de 2,48% para 2,5%, de acordo com o Focus.

Sistema de metas de inflação e juros

Pelo sistema de metas que vigora no Brasil, o Banco Central tem que calibrar os juros para atingir as metas preestabelecidas, tendo por base o IPCA. Para 2014, a meta central de inflação é de 4,5%, com um intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Desse modo, o IPCA pode ficar entre 2,5% e 6,5%, sem que a meta seja formalmente descumprida.

Leia também:  MT fica em 2° lugar no ranking nacional de contratações com carteira assinada

Apesar de o sistema de metas de inflação estabelecer uma meta central de 4,5% para o ano, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, tem se comprometido com um novo recuo em 2014.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.