Maria Celma de Oliveira - Foto: Aécio Morais / AGORA MT
Maria Celma de Oliveira – Foto: Aécio Morais / AGORA MT

A subsede do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) de Rondonópolis realizou uma assembleia na tarde desta terça-feira (14), com a finalidade de repassar aos professores os debates que aconteceram entre os representantes das subsedes regionais do Sintep/MT, em Cuiabá.

A Assembleia teve como objetivo discutir  o calendário escolar de 2013 e 2014, aprovar a Pauta de Reivindicações de 2014 e construir calendário de mobilização.

Segundo a presidente do Sintep subsede de Rondonópolis, Maria Celma de Oliveira, a mobilização irá continuar até que se encontre uma solução.

Ficou definido em Assembleia realizada em Cuiabá que será indicado pelos representantes um calendário de mobilização da categoria que segue para a aprovação em Assembleia Geral. Entre as datas, estão previstos dois dias de paralisação e um ato público, caso não haja avanços na negociação com o governo. “Ficou definido que no dia 23 deste mês será realizada uma paralização em várias regiões” afirma Maria Celma.

Leia também:  Moradores do Colina Verde e Sagrada Família reclamam da falta de água nos bairros

Entre os pontos abordados, está a orientação de que os professores cujos contratos temporários venceram em dezembro, ficam desobrigados a cumprir qualquer atividade escolar, visto que estes profissionais não tiveram seus contratos de trabalho renovados para a complementação do ano letivo de 2013.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.