Até o momento, 69 processos contra a operadora estão aptos a serem aplicadas multas - Foto: Aécio Morais / AGORA MT
Até o momento, 69 processos contra a operadora estão aptos a serem aplicadas multas – Foto: Aécio Morais / AGORA MT

As inúmeras reclamações formalizadas contra a operadora de Telefonia Móvel Vivo nos últimos quatro anos, tiveram resultados e levaram a empresa uma multa de R$ 120 mil geradas por motivos de tarifas abusivas a dez usuários rondonopolitanos. A notícia foi anunciada pelo coordenador do Procon de Rondonópolis, Juca Lemos, na tarde desta sexta-feira (17).

Durante a coletiva Juca anunciou que em breve estará realizando a Campanha ‘Rondonópolis sem Vivo’, que visa sensibilizar a operadora, devido às inúmeras reclamações do consumidor relacionadas ao mal sinal, cobranças abusivas entre outras.

Até o momento, 69 processos contra a operadora estão aptos a serem aplicadas multas. Segundo Juca, estes encaminhamentos legais estavam ‘parados’ no arquivo do Órgão de Defesa do Consumidor e foram retomados em 2013, na atual gestão.

Leia também:  Policial aposentado é encontrado morto dentro do banheiro de sua residência

Juca afirma que o Procon expediu a decisão administrativa primeiramente quanto a dez do total de casos, mas o restante deve ser anunciado em breve. O coordenador afirma ainda que dos 3 mil processos que estão sendo resgatados pela equipe do Procon cerca de 350 já têm definições prontas, como, por exemplo, os casos da Vivo.

Segundo Juca Lemos, a operadora está apta a receber uma multa de aproximadamente R$ 1 milhão. Existem ainda processos concluídos e a serem finalizados também contra a Tim, Claro e Oi.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.