Coordenador do Procon, Juca Lemos analizando os processos - Foto: Aécio Morais / AGORA MT
Coordenador do Procon, Juca Lemos analisando os processos – Foto: Aécio Morais / AGORA MT

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) realizou uma coletiva na tarde desta sexta-feira (31) para apresentar uma decisão administrativa cautelar contra a empresa  Luciana Aparecida dos Santos, com nome fantasia de “Toldos Rondonópolis”, localizada na avenida Bandeirantes, bairro Vila Operária.

Segundo informações divulgadas pelo coordenador do Procon, Juca Lemos, a empresa mantém 33 processos, por vender, cobrar parte do serviço e não fazer a entrega.

Até o momento foram registradas 35 reclamações contra a empresa, onde duas foram em 2012, 29 em 2013 e duas este ano, além de existir mais duas reclamações em fiscalização.

Foram finalizados sete processos, onde foi aplicada uma multa de aproximadamente R$2 mil por processo.

Leia também:  Governo entrega duas novas viaturas TrailBlazers para Patrulha Rondon

O coordenador ainda afirma que a empresa tem conhecimento do ocorrido, porém nunca demonstrou interesse em acompanhar os processos. A empresa tem o prazo de dez dias para resolução de todas as reclamações.

Juca afirmou que o estabelecimento será notificado para suspensão temporária do fornecedor ou prestação de serviços de qualquer natureza sob pena de desobediência.

Caso a empresa não compareça no prazo estipulado terá o alvará cancelado e o fechamento do local.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.