Diego Rodrigues Soares  - Foto: Divulgação PJC Pedra Preta
Diego Rodrigues Soares – Foto: Divulgação PJC Pedra Preta

Um homem foi preso e dois adolescentes apreendidos nesta sexta-feira (17), acusados de integrar uma quadrilha de roubos e furtos, na cidade de Pedra Preta. Em diligências nesta quinta-feira(16), os policiais efetuaram a prisão de Diego Rodrigues Soares, 19, no bairro Vila São Marcos. Enquanto que o adolescente CTB, 17, foi encontrado em uma chácara próxima a cidade e o segundo menor, FCF, 16, no bairro Cidade Viva.

Na ação, também foram recuperados vários objetos oriundos dos delitos praticados sendo duas guitarras, uma caixa de som amplificadora, dois violões, um contrabaixo, uma bomba de água, um tablet e produtos alimentícios em geral.

Materiais apreendidos e armas usadas pela quadrilha - Foto: Divulgação / PJC
Materiais apreendidos e armas usadas pela quadrilha – Foto: Divulgação / PJC

A quadrilha é investigada em diversos crimes praticados no município de Pedra Preta. Eles são apontados na autoria de um furto de caprinos, suínos e de uma vaca, furto de mercadorias de um bar, danos contra um veículo que estava estacionado frente a uma residência, onde os suspeitos furaram um dos pneus do carro, roubo de R$ 5 mil e mercadorias de uma mercearia onde também agrediram brutalmente um casal de idosos e furto de instrumentos musicais de uma igreja evangélica.

Leia também:  Com revólver em punho criminosos rouba motociclista em via pública

Segundo o investigador Wender, as vítimas do roubo da mercearia relataram que os envolvidos fizeram uso de facas e usaram uma arma de fogo artesanal para ameaçá-las. Elas também disseram que foram atingidas com socos e chutes e um deles teve a mão cortada pelos criminosos. “O casal de 70 anos precisou ficar sob cuidados médicos por três dias”, frisou o investigador.

Local onde os idosos foram agredidos - Foto: Divulgação PJC Pedra Preta
Local onde os idosos foram agredidos – Foto: Divulgação PJC Pedra Preta

A Polícia Civil investiga a possível participação de outros integrantes na quadrilha. Quanto aos detidos na ação, o delegado de Pedra Preta, Sebastião Lopes afirmou que todos foram autuados por roubo, furto, formação de quadrilha, e danos contra o patrimônio, sendo que Diego Rodrigues Soares responderá ainda por corrupção de menores.

Leia também:  Polícia apreende menor e recupera dinheiro depois de assalto a mercearia em MT

Diego foi encaminhado para a Cadeia Pública de Pedra Preta. Os menores foram apresentados ao Ministério Público e aguardam a decisão do Judiciário sobre a internação.

Participaram da ação os investigadores Wender, Silvestre, Paulo, Miriam, os escrivães Alcione, Lidiane e o delegado Sebastião Lopes.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.