Décimo colocado no ranking do peso-meio-pesado do Ultimate, Ryan Bader não pretende ficar muito tempo fora do octógono. Mesmo tendo fraturado a mão direita no dia 7 de dezembro, quando venceu Anthony Perrosh por decisão dos jurados no UFC: Hunt x Pezão, em Brisbane (AUS), a vontade do americano é lutar ainda no primeiro semestre de 2014.

– Os médicos estão me dizendo que tudo vai ficar bem e ser tão forte quanto era antes. Na verdade, eu quebrei o metacarpo, que é uma lesão diferente do que eles estavam acostumados a ver, mas vai ficar bom. Agora estou pensando que provavelmente minha volta será em maio. Vou tirar os pinos na sexta-feira e depois usar uma tala removível de quatro a seis semanas, mas vou poder voltar para a fisioterapia e fazer outros exercícios – disse Bader ao site “Bleacher Report”.

Leia também:  Holloway vence a luta contra José Aldo

Ryan Bader (16-4 no MMA) venceu quatro das últimas seis lutas e ainda busca uma regularidade dentro do Ultimate. O americano derrotou Jason Brilz, Rampage Jackson, Vladimir Matyushenko e o já citado Antonhy Perosh. Lyoto Machida e Glover Teixeira foram seus algozes nesse período.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.