O setor de serviços essenciais liderou o ranking de reclamações do Procon-MT, em 2013. Durante o ano, foram registrados 21.507 procedimentos administrativos em todo o Estado. “O setor de serviços essenciais liderou o ranking, totalizando 7.579 reclamações, sendo as principais categorias a de água e esgoto com 2.627 registros; energia elétrica com 1.846; telefonia fixa com 1.614 reclamações”, afirmou o gerente de Atendimento e Conciliação, Eduardo Latorraca.

O setor de Produtos, que registrou 5.312 reclamações, ficou em segundo lugar no ranking. Foram contabilizadas 853 para a categoria telefone; 382 registros sobre eletrônico importado; e 345 sobre móveis para quarto.

Em terceiro, ficou o setor Assuntos Financeiros, com total de 4.770 registros. Os principais referem-se à banco comercial, com 2.077; cartão de crédito, com 661; e outros contratos, com 568.

Leia também:  Sefaz realiza segundo leilão online de 2017

O setor de Serviços Privados ficou em quarto, com 2.961 reclamações, sendo 662 para TV por assinatura, Informática, 517 e 335 para estabelecimento comercial.

O quinto lugar no ranking ficou com o setor de Habitação, que registrou 332 procedimentos. Já em sexto e sétimo lugar permanecem o setor de Alimentos, com 310 reclamações, e Saúde, com 223.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.