Parece que aos poucos o grupo da situação vai definindo as posições que cada um jogará nas eleições de 2014. O deputado e presidente estadual do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), Carlos Bezerra, já vislumbra que Silval irá terminar o governo, já que Barbosa se sente responsável pela condução das obras da Copa do Mundo no estado e gostaria de acompanhar a conclusão do programa Mato Grosso Integrado.

Experiente e “antenado” Bezerra também já teria dito nos bastidores da política e em Cuiabá, que o médico e ex-vereador do Partido Trabalhista (PT), Lúdio Cabral seria um dos nomes para a disputa ao governo da aliança entre PCdoB, PMDB, PP, PT, PR, Pros e PSD.

Leia também:  Jandir Martins deve candidatar nos próximos anos

Lúdio iria começar a viajar com Bezerra por diversos municípios do estado para ampliar a visibilidade e ganhar musculatura eleitoral. Se Lúdio for confirmado como candidato ao governo do grupo, Wellington Fagundes (PR) estará com sua pré-candidatura ao Senado alicerçada, a única peça ainda não colocada em campo para 2014 é o candidato a vice, que pode ser do PMDB ou do PSD. Agora resta esperar e saber qual será o próximo passo do grupo dos sete que tem reunião marcada para a próxima segunda-feira (03) em Cuiabá.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.