Nem Buenos Aires nem Madri terão este ano uma edição do festival Rock in Rio, disse nesta quarta-feira à Agência Efe a assessoria de imprensa do evento, alegando que a “situação econômica atual torna complicada a organização do festival em seu máximo esplendor”.

A conjuntura econômica obrigou a empresa a “atrasar sua realização até que se possam garantir os padrões de qualidade que marca o festival e lamentando muito se adia a próxima edição”, tanto em Buenos Aires como em Madri.

A assessoria ainda deu mais detalhes sobre a crise econômica.

— (A organização do) Rock in Rio avaliou a situação atual do mercado para poder produzir o festival, mas se trata de um evento muito grandes que precisa de uma infraestrutura que neste momento não é possível, mas o interesse é voltar assim que surgirem as circunstâncias propícias para fazer um Rock in Rio grandioso.

Leia também:  André Frateschi é o vencedor do reality show 'PopStar'

Tanto Madri como Buenos Aires, perdem a realização do festival em 2014, que tradicionalmente acontece a cada dois anos em cada um dos países.

Os festivais em Lisboa, que acontece em maio, e no Brasil e em Las Vegas (EUA) em 2015, estão confirmados.

O encontro lisboeta celebra 10 anos de Rock in Rio em Portugal, e já tem confirmados o headliners: Robbie Williams, Justin Timberlake, Arcade Fire, Linkin Park e Queens of the Stone Age.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.